Guincho mata funcionária de pedágio

Tatiane Pressi de Souza, de 20 anos, funcionária da concessionária Autopista, que administra a Fernão Dias, morreu atropelada ontem na rodovia por guincho da empresa. Ela trabalhava no pedágio de Mairiporã e foi atingida por veículo que prestaria socorro a um motorista. Levado à delegacia, o condutor do guincho, Rodrigo Pereira da Silva, de 28 anos, foi liberado.

O Estado de S.Paulo

04 Março 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.