Guardas são acusados de achacar adolescente

Dois guardas-civis foram autuados por concussão (extorsão praticada por funcionário público) e extorsão mediante sequestro por tentar achacar um adolescente de 15 anos em Itapevi, na Grande São Paulo. O rapaz foi detido na noite de anteontem, com um revólver, crack e cocaína. Os agentes Ruã Inácio Bispo e Alex Fabiano Mendes teriam mantido o rapaz refém em um carro e tomado R$ 900. PMs cruzaram com o veículo e suspeitaram da dupla. Um terceiro guarda chegou a ser detido, mas foi liberado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.