Guardas-civis vão ter aulas de chinês

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana inicia amanhã curso de chinês para 80 guardas-civis metropolitanos. O curso inédito vai durar 3 semestres e é fruto de parceria entre a secretaria, a Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista e o Instituto Confúcio. O objetivo é capacitar os agentes para se comunicar com comerciantes orientais em operações antipirataria e também em grandes eventos.

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.