Guardas civis fazem mais uma manifestação em São Paulo

Categoria reivindica melhoria no salário e nas condições de trabalho; Justiça determinou suspensão da greve

31 de agosto de 2009 | 13h55

 

SÃO PAULO - Os agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo fizeram nesta segunda-feira, 31, mais um protesto em frente à Prefeitura da cidade, marcando o sétimo dia de paralisação. Mesmo com a determinação do fim da greve dada pelo Tribunal de Justiça, os manifestantes se reuniram para pedir melhoria salarial e das condições de trabalho ao prefeito Gilberto Kassab. Esta é a primeira greve realizada pela categoria em 23 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.