Guarda Civil é preso por cobrar R$ 100 para não multar

Motociclista deu R$ 50 ao GCM para não receber multa e depois levou delegado para pagar mais R$ 50

Solange Spigliatti, Central de Notícias

16 de outubro de 2009 | 12h21

Um guarda civil metropolitano foi preso na tarde de quinta-feira, em Santa Barbará d'Oeste, a cerca de 130 km de São Paulo, acusado de cobrar R$ 100 para deixar de aplicar uma multa em um motoboy, que havia cometido uma infração de trânsito.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o motoboy foi abordado pelo GCM durante a manhã e entregou R$ 50,00 e depois seguiu até a delegacia, dizendo que havia combinado de entregar o restante do dinheiro durante a tarde.

 

O delegado foi junto com a vítima e, no momento da entrega, prendeu J.L.T., de 42 anos, em flagrante. Ele vai responder por concussão.

Tudo o que sabemos sobre:
GCMcorrupçãopolíciapropinasuborno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.