Guarapiranga ganha parque à beira da represa

Com o dobro da área do Trianon, ele deverá, em dois anos, estar ligado a mais quatro áreas verdes da região; outras duas já foram inauguradas

Carolina Marcelino, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2010 | 00h00

A cidade de São Paulo ganhou ontem um novo parque, o terceiro localizado à beira da Represa do Guarapiranga, na zona sul. A área verde, de 88 mil metros quadrados, fica no cruzamento das Avenidas João de Barros e Atlântica - ex Robert Kennedy. Até 2012, a Prefeitura prevê sete parques localizados na orla da represa, todos interligados por 10 quilômetros de ciclovias.

O novo Parque Municipal da Barragem é cercado por dois quilômetros de gradil vazado, que permite boa visão da água. "Avançamos na recuperação da represa, para que se torne um dos cartões postais da cidade", afirmou o prefeito Gilberto Kassab (DEM). Foram investidos cerca de R$ 1,4 milhão na construção, iniciada em 2008.

No local, há playground, aparelhos de exercícios físicos para idosos e pista de corrida. Toda a área - quase o dobro do Parque Trianon, na Avenida Paulista - é contornada por ciclovia e calçada ecologicamente correta, com piso de blocos intertravados.

Mesmo antes da inauguração, moradores da região já utilizavam os equipamentos da nova área de lazer. A auxiliar de laboratório Maria da Conceição, de 62 anos, faz exercícios no local com frequência. "Venho bastante, para andar de bicicleta. Esse momento, a inauguração de um novo parque, é especial para nós."

As áreas verdes construídas à beira da represa - além do Parque da Barragem, o Parque Praia São Paulo e o Parque Guarapiranga - fazem parte do Programa de Revitalização da Orla da Represa do Guarapiranga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.