Divulgação
Divulgação

Grupos organizam bicicletadas de Halloween neste sábado

Para participar, é só levar a bike e se preparar para o clima de festa e suspense que toma conta da turma

Caroline Monteiro, ESPECIAL PARA O ESTADO

28 de outubro de 2016 | 19h37

Os amantes das bicicletas vão entrar hoje no ritmo do Dia das Bruxas. Na capital e no ABC, três grupos organizam passeios noturnos para comemorar a data e promover o ciclismo. 

Não é necessário ter experiência porque as rotas são planejadas para iniciantes. Basta levar a bike e se preparar para o clima de festa e suspense que toma conta da turma. Vale também vestir uma fantasia e colocar adereços na bicicleta.

“Vou fantasiar a minha bike de branco, como se fosse um fantasma. É também um protesto contra a morte de ciclistas no trânsito”, diz Lucimeire Peres, de 32 anos, que participou da primeira edição do Pedal das Bruxas no ano passado. 

O grupo, organizado pelo Ciclosonoro, se encontra hoje às 18h30 na Praça Marechal Cordeiro de Farias, em Higienópolis, na região central paulistana, para um passeio de 10 km que passa pelos cemitérios São Paulo, do Araçá e da Consolação. George Rufato, de 32 anos, coordenador do grupo, leva uma carreta de som responsável pela trilha sonora assustadora.

Outras rotas. O Shopping Pátio Paulista, também na região central, é outro a organizar uma bicicletada de Halloween. É necessário se inscrever no site shoppingpaulista.com.br e pagar taxa de R$ 35, que dá direito a bolsa, camiseta, lanche e maquiagem artística feita pela Vult Cosméticos. A rota de 15 km passa por Liberdade, Largo de São Francisco, Teatro Municipal e Pátio do Colégio. Personagens caracterizados aguardam para assustar ciclistas e tirar fotos. 

A gerente comercial Fábia Duarte, de 42 anos, está ansiosa para participar de novo. “Como é de noite e há fantasiados de bruxas e monstros nas paradas, tem emoção e adrenalina.”

No ABC, a opção é o Pedal Noturno do Lesmas Lerdas. O grupo se reúne às 20 horas na Praça Kennedy, em Santo André, e percorre 20 km, passando por São Bernardo e São Caetano. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.