Grupo usa granada para assaltar casa lotérica no Morumbi

Três foram detidos com celulares e dinheiro roubado; dois criminosos conseguiram fugir

Ricardo Valota, Central de Notícias

12 Março 2009 | 05h46

Usando uma granada para intimar as vítimas, bandidos assaltaram, no final da tarde de quarta-feira, 11, uma casa lotérica localizada na Avenida General Francisco Morazan, na Vila Sônia, no entorno do Morumbi, região sudoeste da capital paulista. Policiais militares e o helicóptero Águia participaram da perseguição aos criminosos que teve início na Avenida Francisco Morato. Na esquina da Avenida Eliseu de Almeida com a Avenida Imigrante Japonês, três dos criminosos foram alcançados e detidos nem um Verona vinho. Com Aldemir José da Cruz Silva, 43 anos, Marcelo Monteiro e Ricardo Ribeiro de Almeida, ambos de 33, os policiais apreenderam a granada, alguns celulares e os R$ 560,00 levados da casa lotérica. Outros dois supostos integrantes da quadrilha teriam sido vistos por testemunhas, mas seguem foragidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.