Grupo queima ônibus e agride motorista em Guarulhos

Polícia ainda não têm suspeitas sobre a motivação do crime ou a identidade dos vândalos

Juliana Diógenes e Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

05 Março 2014 | 10h14

Um grupo em 15 motocicletas ateou fogo em um ônibus intermunicipal e agrediu o motorista do veículo na noite desta terça-feira, 4, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Antes de queimar o veículo, os criminosos obrigaram o motorista a descer e quebraram os vidros das portas do coletivo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o grupo cercou o ônibus na Estrada Velha de Guarulhos por volta das 19h35. Após sair do coletivo sob ameaças dos vândalos, o motorista foi agredido com um soco na cabeça. Não houve outras vítimas. Com as chamas, o veículo desceu a rua sem controle e só parou em um terreno baldio. A linha e a empresa do coletivo não foram informadas pela SSP.

O caso foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos (Bomsucesso) como incêndio consumado, dano qualificado consumado e lesão corporal. A Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não têm informações sobre a identidade dos suspeitos ou a motivação do crime.

Mais conteúdo sobre:
ônibus queimado ônibus incendiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.