Grupo protesta contra salário de Kassab

Cerca de 30 pessoas se reuniram ontem em frente à casa do prefeito Gilberto Kassab (sem partido), no Jardim Paulistano, para protestar contra o aumento de 20% no salário do prefeito e de 250% no dos secretários. "Os professores das escolas públicas também ganham menos que os da iniciativa privada e nem por isso tiveram tanto aumento", disse Débora Gepp, uma das organizadoras. Durante o protesto, Kassab estava em um evento de uma igreja evangélica no centro da cidade.

, O Estado de S.Paulo

10 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.