Grupo invade prédio e faz estudantes estrangeiros de reféns no centro de SP

Apartamentos de edifício localizado na Avenida 9 de Julho são assaltados e vítimas têm pertences roubados

23 Abril 2012 | 12h46

São Paulo, 23 - Um grupo de homens armados invadiu um prédio residencial no centro de São Paulo durante a madrugada desta segunda-feira, 23. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), cerca de 20 pessoas, entre elas 11 estudantes estrangeiros, foram feitos de reféns durante o assalto.

Por volta das 0h30 desta segunda, o grupo invadiu o prédio, localizado na Avenida 9 de Julho, no Jardim Bela Vista, informou a polícia. Segundo uma das vítimas, uma analista de 30 anos, três homens - dois deles armados - entraram em seu apartamento e roubaram seus pertences. Segundo informações que a mulher forneceu à polícia, após o roubo, os homens a levaram para um outro apartamento onde haviam mais reféns.

Os assaltantes, de acordo com a Secretaria, estavam se comunicando por telefones celulares com outros membros do grupo que estavam nos demais andares do prédio. Todos fugiram levando câmeras fotográficas, telefones celulares, computadores, laptops, dinheiro, cartões bancários e documentos.

Segundo a Secretaria da Saúde, os estudantes estrangeiros que foram feitos de reféns têm entre 20 e 25 anos de idade.

Mais conteúdo sobre:
arrastão estudantes estrangeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.