Grupo faz reféns e assalta banco na zona sul de SP

Uma das vítimas conseguiu acionar a PM, mas gerente do banco disse aos policiais que estava tudo bem com medo que os criminosos ferissem alguém

Priscila Trindade, Central de Notícias

05 de maio de 2011 | 13h57

SÃO PAULO - Funcionários de uma agência do Banco do Brasil, incluindo um dos seguranças, foram feitos reféns na manhã desta quinta-feira, 5, na Praça General Gentil Falcão, no Brooklin, zona sul de São Paulo. Ninguém ficou ferido na ação.

 

Pelo menos dois assaltantes entraram na agência por volta das 9 horas. Segundo a Polícia Militar (PM), durante o assalto, uma das vítimas acionou a corporação, mas quando os agentes chegaram ao local, o gerente do banco disse que estava tudo bem e dispensou a polícia. Nesse momento, os funcionários estavam em poder dos bandidos. Quando os criminosos foram embora, as vítimas acionaram novamente a polícia.

 

Não há informação do valor levado pelos assaltantes. Às 13h30, a PM fazia rondas para localizar os criminosos. O boletim de ocorrência será registrado no 96º Distrito Policial, do Brooklin.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltobancozona sulsp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.