Grupo de skinheads acusado de atacar três jovens na Paulista

Segundo a PM, jovens foram agredidos por cinco indivíduos, quatro deles menores

Solange Spigliatti, Central de Informações

14 de novembro de 2010 | 12h40

SÃO PAULO - Três jovens, que, segundo a polícia Militar, são homossexuais, foram atacados por um grupo de skinheads no começo da manhã deste domingo, 14, na Avenida Paulista.

 

O crime aconteceu por volta das 6h30, na altura do número 700 da avenida, quando cinco indivíduos, um maior e quatro menores, atacaram os jovens. Eles já foram presos.

 

Segundo a PM, um dos feridos foi levado para o Hospital Vergueiro, onde continua internado em observação. Outra vítima foi medicada e já liberada. O terceiro atacado não precisou de atendimentos médicos, segundo a PM. O caso foi registrado no 5º DP.

Tudo o que sabemos sobre:
SkinheadsagressãoPaulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.