Grupo assalta hospital Geral do Grajaú e leva medicamentos

Pelo menos 15 homens levaram medicamentos avaliados em R$ 53 mil, além de computadores e equipamentos

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

05 Janeiro 2009 | 12h36

Pelo menos 15 homens assaltaram na madrugada desta segunda-feira, 5, o Hospital Geral do Grajaú, no Parque América, na zona sul da capital paulista. O grupo levou medicamentos avaliados em cerca de R$ 52 mil, 2 computadores, 2 telefones celulares e 1 radiocomunicador da empresa de limpeza e outros pertences da unidade.   O crime ocorreu por volta das 2h45. Armados, os ladrões chegaram ao hospital numa Kombi branca e num Monza cinza, renderam os vigilantes que estavam na guarita e abriram o portão para entrar com os veículos. Mais tarde, de acordo com a polícia, mais duas funcionárias foram colocadas na guarita e oito membros do bando, que usavam touca e capuz, dominaram o auxiliar de farmácia.   Após recolher os remédios e outro artigos, os criminosos fugiram. As placas dos veículos não foram anotadas. Segundo o B.O., o circuito interno de vigilância do hospital não estava funcionando, em razão da queima da CPU que o controla. O local deverá passar por perícia.   Até o início desta tarde, a Secretaria da Saúde não tinha a relação de medicamentos roubados. Segundo a pasta, o atendimento no hospital não foi prejudicado. Quanto às câmeras, a secretaria afirmou que elas foram desligadas, mas não soube explicar por quem e o motivo.

Mais conteúdo sobre:
roubo hospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.