Grupo armado invade Shopping Santana

Testemunhas relatam troca de tiros; um segurança morreu com um tiro na cabeça

Damaris Giuliana,

08 de agosto de 2010 | 01h31

Um grupo armado invadiu o Santana Parque Shopping na noite deste sábado, 7, por volta das 22h30. O alvo dos assaltantes eram as joalherias Casa das Alianças e JK Alianças. Informações sobre o que foi roubado ainda não foram divulgadas.

 

Conforme o capitão Marcelo Maiolino do 18º Batalhão da Polícia Militar, que estava no local por volta de uma hora da manhã deste domingo,  8, teriam sido entre 6 e 10 homens armados com pistolas semiautomáticas.

 

Houve tiroteio. Um segurança morreu com uma bala na cabeça e outro está internado no hospital do Mandaqui. Não há detalhes sobre a gravidade do caso.

 

Testemunha da troca de tiros, a cabeleireira Luciana Garcia, de 35 anos fazia compras no shopping com as duas filhas de 8 e 16 anos no momento do assalto.

 

Logo na chegada, ao entrar em uma loja o tiroteio começou. "Tinha muito tiro, muita gente gritando. Corri com minhas filhas para me esconder e só saí meia hora depois com escolta da polícia", relata.

 

O pânico foi tamanho, segundo a cabeleireira que, as mães com bebê de colo, que estavam no local, deixaram o carrinho para trás e saíram correndo. "Foi um desespero muito grande", conta.

 

Por volta de uma hora da manhã, Luciana aguardava com as duas filhas nas proximidades do estacionamento para retirar o carro que ficou trancando dentro do shopping.

 

Os carros começaram a ser liberados, mas estão sendo retirados com acompanhamento.

 

No momento dos assaltos, as sessões de cinema foram interrompidas e os pagantes receberam o voucher e orientação para sair.

 

A perícia técnica trabalha no local. Uma das portas do Shopping foi quebrada e está estilhaçada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.