Grupo armado faz arrastão em prédio comercial no Jardins, em São Paulo

Nove homens armados renderam porteiro de prédio no Jardins durante a madrugada; ninguém foi preso

Gheisa Lessa - estadão.com.br,

03 de agosto de 2012 | 12h32

Texto atualizado às 17h06.  

SÃO PAULO - Nove homens armados invadiram e roubaram salas comerciais de um prédio localizado na Rua Haddock Lobo, nos Jardins, bairro nobre da capital paulista, na madrugada desta sexta-feira, 3. Ninguém foi preso.

Por volta das 0h20 desta sexta, o porteiro do edifício foi rendido pelos suspeitos. Conforme depoimento do funcionário, o grupo arrombou as salas comerciais do prédio em um intervalo de tempo equivalente a uma hora.

A Polícia Militar não foi acionada, e apenas registrou a invasão de um estacionamento no endereço do arrastão. Os nove homens, que estavam encapuzados, fugiram levando objetos e pertences que a Polícia Civil não detalhou.

Além da invasão dos escritórios, foram notados cortes de linhas telefônicas e a violação de cofres. As informações foram confirmadas durante uma perícia prévia realizada pelo delegado de plantão do 78º Distrito Policial, Paulo César da Costa. Ainda não há cálculo do valor roubado.

A Polícia Civil investiga o caso que foi registrado no 78º DP, mas deve ser assumido, ainda nesta sexta, pela 2º Delegacia do Patrimônio do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaarrastão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.