Grupo amarra bomba em mulher em Barueri

Dois criminosos foram presos anteontem depois de amarrar explosivos em uma funcionária de um banco em Barueri, na Grande São Paulo. Com as bombas no corpo, ela foi obrigada a ir à agência e tentar entregar dinheiro ao grupo. Ao mesmo tempo, os pais dela foram sequestrados e também ameaçados com explosivos. A polícia conseguiu libertar os sequestrados, e parte do grupo fugiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.