Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Grupo agride homem que assediou mulher dentro de ônibus em Praia Grande, litoral de SP

Após ter diversas lesões pelo corpo, suspeito foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento 

Ana Paula Niederaeur, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2018 | 15h32

SÃO PAULO - Um grupo de passageiros agrediu um ajudante de cozinha, de 30 anos, após o suspeito ter se masturbado dentro de um ônibus em Praia Grande, litoral de São Paulo. O caso aconteceu no domingo, por volta das 11h45 da manhã.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma mulher, de 28 anos, contou que estava sentada na mesma fileira do homem, quando ele abaixou as calças e fez gestos obscenos.A vítima começou a gritar e a motorista parou o ônibus e acionou a polícia.

Ainda de acordo com a SSP, enquanto aguardavam a chegada da PM, populares que estavam no local invadiram o coletivo e agrediram o homem.

Após ter diversas lesões pelo corpo, o ajudante de cozinha foi levado à Unidade de Pronto Atendimento Samambaia. Depois de ser atendido no hospital, ele foi levado para a delegacia. Ele foi indiciado por ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.