Grito dos Excluídos terá mobilizações pelo País

Promovido há 19 anos pelos movimentos sociais ligados à Igreja Católica, o Grito dos Excluídos, no dia 7, deve ganhar mais força com a adesão de manifestantes que protestam nas ruas desde junho. Durante a semana, haverá mobilização em ao menos mil cidades. O ato culminará com uma romaria ao Santuário de Aparecida. Em São Paulo, haverá missa na Catedral da Sé. Com enfoque na juventude, o Grito dos Excluídos denunciará a situação dos jovens encarcerados e assassinados no País.

O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h02

"Esperamos que nenhum grupo se aproveite para fazer baderna, porque o Grito nunca teve violência", disse Luciene Andreoli, da coordenação nacional do movimento. / JOSÉ MARIA MAYRINK

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.