Reprodução
Reprodução

Grávida baleada permanece internada e estado é grave

Daniela Nogueira Oliveira, de 25 anos, foi atingida numa tentativa de assalto; bebê, que nasceu de cesariana, tem quadro estável

Tiago Silva Dantas, especial para O Estado

09 Janeiro 2013 | 14h12

A secretária Daniela Nogueira Oliveira, de 25 anos, continua internada na UTI do Hospital Campo Limpo, na zona sul, em estado grave. A jovem, grávida de nove meses, foi baleada numa tentativa de assalto na noite dessa dessa terça-feira, 8.

 

Durante a manhã, um médico do Hospital Albert Einstein, onde Daniela tem convênio médico, avaliou o estado de saúde da vítima. Ele desaconselhou a transferência, por se tratar de um caso grave.

 

Os médicos do Hospital Campo Limpo iriam diminuir as doses de medicamento agora à tarde, para ver como a jovem reage, segundo familiares. A bebê, que nasceu de parto cesariana, tem quadro clínico estável.

 

Segundo consta no boletim de ocorrência, Daniela estava a caminho do seu carro na Rua Osíris de Camargo, quando foi abordada por dois homens. Eles estariam armados e anunciaram o assalto. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a vítima provavelmente reagiu ao assalto. Apenas um tiro foi disparado, acertando a jovem na cabeça. Os dois assaltantes fugiram e não há pistas sobre suas identidades.

Daniela daria à luz na semana que vem mas o parto teve de ser antecipado. Ainda na terça ela passou pela cesariana.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.