Grafiteiro Kobra desmente Doria

Ele havia sido anunciado como coordenador de um programa chamado 'Arte Urbana'

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2016 | 03h00

SÃO PAULO - O muralista Eduardo Kobra, autor de diversos painéis de grafites na cidade, foi anunciado na quinta por João Doria (PSDB) como coordenador de um programa chamado “Arte Urbana”, que ajudaria pichadores que quisessem “deixar a ilegalidade”. Kobra, porém, desmentiu Doria e disse não ter recebido proposta para coordenar a ação. Ele afirmou não concordar com a visão de Doria de que muralistas seriam uma “evolução” da pichação ilegal.

“Eu já fui pichador e nunca vou criticar a pichação.” Ele disse que poderia, no entanto, ajudar a cidade em ações específicas. A gestão Doria não explicou por que a informação passada pelo prefeito estava errada, mas disse que Kobra ainda seria um “consultor” do projeto.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Eduardo Kobra João Doria PSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.