Governo terá banco de dados diários

A Secretaria da Segurança Pública anunciou ontem um novo órgão para reformular indicadores de criminalidade em São Paulo, que poderá tornar diárias as estatísticas da pasta. Hoje, elas são divulgadas mensalmente.

Luciano Bottini Filho, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2013 | 02h01

Segundo o secretário da Segurança, Fernando Grella Vieira, a intenção é que os dados diários comecem em 2014. A proposta será desenvolvida pelo Câmara Técnica de Análise, Pesquisa e Estatísticas em Segurança Pública e Atividade Policial, composta por membros da sociedade civil, governo, polícias e universidades. Poderão ser criados novos indicadores como furto a caixas eletrônicos ou letalidade (mortes por homicídios com assaltos).

Esses novos índices poderão ser usados nas metas que o governo pretende criar para bônus a policiais a partir do segundo semestre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.