Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Governo de SP promete construir 440 apartamentos populares na Luz

Moradias serão construídas por meio de uma Parceria Público-Privada nas ruas dos Protestantes, dos Gusmões e General Couto de Magalhães, no centro; inscrições ocorrem até 24 de julho

Luiz Fernando Toledo Antunes, O Estado de S.Paulo

24 Maio 2017 | 16h23

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quarta-feira, 24, que usará quatro terrenos doados pela Prefeitura na Luz, região central de São Paulo, para fazer apartamentos a famílias de baixa renda. O governo do Estado promete 440 unidades no local, que deverão ser construídas por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). Os terrenos doados somam 6,2 mil metros quadrados e ficam nas quadras entre as ruas dos Protestantes, dos Gusmões e General Couto de Magalhães.

A PPP íntegra um projeto de habitação social na Luz que, conforme promete o Estado, deve chegar a 1,6 mil unidades habitacionais na região. Interessados têm até o dia 24 de julho para se candidatar para residir nas unidades habitacionais. Ao todo, 80% das vagas serão destinadas a pessoas que morem fora da área central, mas que trabalham na região. As inscrições precisam ser feitas pelo site da Secretaria Estadual de Habitação, no campo "inscrições abertas - faça seu cadastro PPP".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.