Governo de SP
Governo de SP

Governo de SP inaugura passagem entre Estação da Luz e Sala São Paulo

Integração, que fica nas proximidades da Cracolândia, contou com investimento de cerca de R$ 11,2 milhões, valor que contempla também a execução de outros serviços

Ítalo Lo Re, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2022 | 16h04

SÃO PAULO – O governo de São Paulo inaugurou na manhã desta terça-feira, 29, a ligação entre a Estação da Luz – que atende as Linhas 7-Rubi, 10-Turquesa e 11-Coral da CPTM – e o estacionamento da Sala São Paulo, espaço para concertos que integra o Centro Cultural Júlio Prestes. 

A passagem entre os locais, que fica na vizinhança da Cracolândia, migrada na última semana para a Praça Princesa Isabel, contou com investimento na ordem de R$ 11,2 milhões, informou a gestão paulista. O valor contempla também a execução de serviços para adequação da plataforma central e a instalação de passarela provisória de acesso à Rua José Paulino.

A nova integração visa a oferecer, conforme a gestão estadual, segurança e conforto aos pedestres, com acessibilidade a pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Para isso, dispõe de rota tátil, elevador e escadas fixas para acesso ao equipamento de cultura.

Segundo o governo, o projeto do boulevard – batizado João Carlos Martins, em homenagem ao pianista e maestro brasileiro – foi elaborado para preservar as características originais do ambiente e permitir a integração do público com o contexto histórico do local.

Os 210 metros de percurso do boulevard contam com cobertura de vidro, sistema de iluminação projetado com lâmpadas led dispostas em formato horizontal e fitas que percorrem o pergolado. O espaço possui ainda bancos de madeira e sistema de sonorização conectado ao sistema de som da estação. 

Além de equipe do governo, o evento de inauguração contou com participação do maestro João Carlos Martins, homenageado durante a cerimônia, e apresentação musical do Quinteto de Metais da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

Cracolândia

Questionado sobre a Cracolândia, que recentemente migrou para a Praça Princesa Isabel, também nas proximidades, o governador João Doria (PSDB) disse estar acompanhando as movimentação no local e reforçou que a segurança “melhorou muito” na área. Ao mesmo tempo, ressaltou que “pode melhorar mais”, citando a presença de espaços culturais como a Pinacoteca nas proximidades.

“Fiquei muito triste ao chegar aqui e ver a quantidade de pessoas em situação de rua vivendo em condições desumanas e, eu diria, reprováveis, nessas circunstâncias”, apontou. “Sei que o prefeito Ricardo Nunes (MDB) é uma pessoa cuidadosa, zelosa com a sua cidade. Deixo aqui um apelo também para que ele olhe com um carinho ainda maior, de atitude e de ação, aqui no entorno da Luz.”

Conforme mostrou o Estadão, imagens captadas por drones da Prefeitura de São Paulo mostram que a transferência da Cracolândia é resultado de uma ação planejada pelo tráfico há pelo menos um mês. Especialistas apontam que o fim da Cracolândia passa por prevenção e foco no usuário.

Como acessar a passagem

Quem pretende ir à Sala São Paulo vindo do sistema de transporte sobre trilhos da Estação da Luz deve seguir pela plataforma 1 da CPTM, acompanhar a sinalização e acessar direto a ligação até o estacionamento do espaço cultural.

Por outro lado, para quem vem da Sala São Paulo para embarcar na estação, é preciso validar a passagem na linha de bloqueios que está instalada na entrada do boulevard, no estacionamento do espaço de concertos. Como no local não terá bilheteria, o passageiro já deve ter o bilhete em mãos.

O horário de funcionamento do boulevard João Carlos Martins é das 7h às 23h30, de segunda a sexta, incluindo feriados. Aos finais de semana o horário é das 7h até o fim do último evento no complexo cultural, limitado até 23h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.