Governista admite que há pouca fiscalização

Integrante da CPI das Enchentes e da base governista do prefeito Gilberto Kassab (DEM), o vereador Gilberto Natalini (PSDB) avalia que muitas sugestões dos vereadores feitas na comissão foram acatadas pelo governo. Ele admitiu, porém, que há pouca fiscalização para a varrição. "Existem realmente falhas. Mas hoje há um GPS instalado em cada caminhão de coleta, então dá para saber em quantas ruas as empresas passaram. A Prefeitura também passou a colocar na internet os horários da coleta, o que facilitou a vida da população. Foram avanços."

, O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2010 | 00h00

Natalini disse também que a CPI teve como objetivo construir novas propostas para ajudar a melhorar a limpeza. Procuradas, as empresas de varrição não responderam até as 20h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.