Gosta de arte? Vá à Vila Madalena hoje e amanhã

Público poderá visitar e comprar peças direto dos ateliês, galerias e estúdios de design do bairro

NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2013 | 02h08

Para quem gosta de arte, a pedida do fim de semana é um passeio na Vila Madalena, na zona oeste de São Paulo. Hoje e amanhã, das 10h às 19h, ateliês, galerias, estúdios de design, joalherias e um museu estarão abertos à visitação do público e inseridos no roteiro do Arte da Vila, que acontece há 11 anos no bairro. Além do passeio, o evento oferece opções para quem quer comprar direto do artista ou designer, com preços mais em conta.

Não são apenas quadros e obras de arte que poderão ser comprados. Brincos, colares, cerâmica, artigos de papelaria, tecidos e objetos de design e artesanato também estarão à venda.

O circuito pode ser feito de carro, a pé ou em vans que saem de 10 em 10 minutos da Estação Vila Madalena da Linha 2-Verde do Metrô. As vans farão três roteiros diferentes - a ideia é que cada uma passe em cerca de 15 ateliês. Cada um pode descer onde quiser e depois subir de novo na van. O transporte é gratuito.

Ao todo, são 42 locais incluídos no roteiro, e muitos deles terão atrações especiais, como workshops, oficinas e bate-papo com artistas. Desses, 38 são ateliês, três galerias de arte e um museu - o Museu da Pessoa (R. Natingui, 1.100), um espaço colaborativo onde as pessoas podem contar suas histórias de vida e ouvir relatos de quem já passou por ali. Cerca de 20 monitores - a maioria alunos de artes plásticas - vão guiar os visitantes.

Contato. Segundo o organizador Valfrido Lima, a ideia do Arte da Vila é promover interação entre quem faz e quem consome a arte. "Diferentemente de uma exposição, na qual a pessoa só tem contato com a obra, aqui você vai ao local de produção e tem contato direto com o artista."

O critério de escolha dos locais participantes foi pela produção autoral e o fato de estar na Vila Madalena. Após mudar o ateliê de Pinheiros para o bairro vizinho, a designer Carol Martino, da Designideias, participa pela primeira vez do evento. "Ficávamos em uma rua que era no limite entre os dois bairros e só agora pudemos participar", conta.

Outra estreante no evento, Anna Mega, do Espaço Art'er, vai reunir os artistas da casa e os convidados para interagir com os visitantes. O artista plástico Rafael Calixto vai pintar camisetas, enquanto Juliana Notari, que faz bonecos de marionete, montará uma peça. "No ano passado eu era visitante, caminhei por todo o evento. É legal visitar os ateliês sem a pressa do dia a dia".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.