Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Google Maps dá endereço do Templo de Salomão em busca por 'anticristo'

Internautas comentaram nas redes sociais o estranho resultado; maior igreja do País se localiza no Brás, na região central da capital paulista

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

27 Julho 2016 | 13h29
Atualizado 28 Julho 2016 | 07h20

SÃO PAULO - Os internautas que procuram a palavra "anticristo" no buscador do Google Maps são automaticamente direcionados a um estranho resultado: o Templo de Salomão, da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), localizado no Brás, região central da capital paulista.

O endereço fornecido pelo Google (Avenida Celso Garcia, 605) corresponde ao do templo, inaugurado em julho de 2014. Procurado, o Google afirmou que não foi uma ação da empresa. "O que ocorre é que nossos mapas têm muitas, muitas fontes, inclusive os próprios usuários", disse, em nota.

O Google também declarou que os usuários que encontrarem erros ou imprecisões nos mapas podem informá-los à empresa pela ferramenta "reportar um problema".

Em nota, a Igreja Universal do Reino de Deus disse que o Google já está corrigindo seu mapa. Declarou, também, que "é triste perceber que ainda há espaço para a promoção de atos discriminatórios praticados por indivíduos irresponsáveis, como esse que resolveu zombar da fé dos 9 milhões de fiéis que tem o Templo de Salomão como local sagrado". 

Com 100 mil metros quadrados de área construída em um terreno de 35 mil metros quadrados, o Templo de Salomão é considerado o maior  do País e tem capacidade para 10 mil fiéis, além de dispor de 1,2 mil vagas de estacionamento.

No Twitter, internautas comentaram e ironizaram a busca. Veja abaixo algumas das publicações:

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.