Goleiro vai ao Rio por causa de outro processo

CASO BRUNO

, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2010 | 00h00

O goleiro Bruno Fernandes e seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, indiciados e presos em Minas pelo desaparecimento e provável morte da ex-amante do jogador Eliza Samudio, chegam hoje ao Rio para participar de audiências de outro processo. No Rio, eles respondem por sequestro, cárcere privado e lesão corporal contra Eliza, quando ela estava grávida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.