Goleiro Bruno vai a júri popular no dia 19 de novembro por morte de ex-amante

O julgamento do goleiro Bruno Fernandes, preso em 2010 sob a acusação de matar a ex-amante, Eliza Samudio, foi marcado para 19 de novembro, no Fórum de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O atleta e mais quatro acusados de envolvimento no desaparecimento de Eliza vão a júri popular nesta data, às 9h, segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG). Todos os acusados negam o crime.

O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2012 | 03h06

Além de Bruno, serão julgados no próximo mês Luiz Henrique Romão, o Macarrão (amigo e secretário de Bruno), Marcos Aparecido dos Santos, o Bola (ex-policial militar), Dayanne Souza (ex-mulher do goleiro) e Fernanda Castro (ex-namorada do goleiro).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.