Gol tem problemas no check-in e passageiros enfrentam filas em Congonhas

Problema foi resolvido durante a manhã; passageiros enfrentaram filas e atrasos

Carolina Spillari, estadão.com.br

19 Julho 2011 | 07h30

SÃO PAULO - Os passageiros da Gol no Aeroporto de Congonhas ainda sentem o reflexo da falha no sistema de check-in ocorrida no começo da manhã desta terça-feira, 19. Pouco depois das 13h, a Infraero registrava sete atrasos e dois cancelamentos de voos da companhia em Congonhas.

 

Um problema tecnológico afetou o sistema de emissão de passagens da Gol no Aeroporto de Congonhas por mais de duas horas na manhã desta terça-feira. As operações do começo da manhã ficaram comprometidas e o check-in era feito manualmente, o que gerou filas no saguão do aeroporto e atrasos nos voos.

 

 

Atrasos. A Gol informou em nota que o índice de pontualidade consolidado disponível no sistema da Infraero se refere, principalmente, a uma queda temporária no sistema de check-in da companhia em Congonhas/São Paulo pela manhã.

 

Segundo a companhia, as equipes de terra precisaram realizar os procedimentos manualmente, o que aumentou o tempo médio de atendimento. A Gol ressaltou no comunicado que restabeleceu o sistema por volta de 8h30. Porém o restante da malha teve reflexos.

 

Dos 1.481 voos domésticos previstos em todo o Brasil até as 14h, 258 tiveram atrasos superior a meia hora e 47 foram cancelados. No Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, 24 voos atrasaram e três foram cancelados. Em Congonhas, foram 57 atrasos e 10 cancelamentos.

 

No Rio de Janeiro, o Aeroporto Internacional Tom Jobim tem 17 atrasos e dois cancelamentos. Já o Santos Dumont tem 14 atrasos e 11 cancelamentos.

 

Atualizada às 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.