Gol: parentes frustrados com decisão da Anac

A Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907, que matou 154 pessoas em 2006, manifestou ontem frustração pelo fato de a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não ter impedido pilotos do Legacy de voar no Brasil. Os americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino foram apenas multados por problemas em documentos da época. "Só multa não resolve e vai contra o que, até agora, a Anac estava sinalizando", disse a diretora da Associação, Rosane Gutjahr. A Anac diz não poder impedi-los de voar, porque eles têm licença emitida pelo órgão americano de aviação.

, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.