Gol culpa mau tempo em Manaus por atrasos

Anac já notificou a empresa para prestar esclarecimentos sobre problemas enfrentados por passageiros

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

24 Dezembro 2008 | 11h59

Após ser notificada, a empresa Gol informou nesta quarta-feira, 24, por meio de sua assessoria, que os atrasos registrados nesta manhã nos principais aeroportos do País são reflexos do fechamento do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. O aeroporto, de acordo com a Infraero, permaneceu fechado das 3h40 às 4h10, devido ao mau tempo. Já a empresa aérea TAM registrou 18 vôos com atrasos e nove cancelamentos de vôos, do total de 285 previstos para o período.   Veja também:  Confira a situação dos aeroportos no site da Infraero   Nesta quarta-feira, 24, véspera de Natal, a Infraero registrava, até as 11 horas, atrasos em 40 vôos, representando 17.5 % do total de 229 programados pela Gol. Outros 23 vôos da empresa foram cancelados.   Na terça, a Anac destacou que os índices de atrasos da empresa Gol/Varig ficaram acima da média nacional e influenciaram o índice nacional, de 26,4%. "A Gol/Varig responde por quase 40% dos vôos no Brasil", ressaltou a Anac.   Por conta desses atrasos, a Gol já recebeu notificações do Procon de São Paulo, para prestar esclarecimentos sobre problemas enfrentados por consumidores nos últimos dias, e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para que ela aumente as posições de check-in nos aeroportos do Galeão, no Rio, Brasília e Guarulhos, na Grande São Paulo.   Segundo a assessoria da Gol, esses índices estão dentro da normalidade e a maioria desses atrasos de hoje é reflexo do fechamento do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. O aeroporto, de acordo com a Infraero, permaneceu fechado das 3h40 às 4h10, devido ao mau tempo. Já a empresa aérea TAM registrou 18 vôos com atrasos e nove cancelamentos de vôos, do total de 285 previstos para o período.    

Mais conteúdo sobre:
Natalano novovôosGol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.