Gestão passou a ser a palavra-chave para as autoridades

Uma polícia mais eficiente, que presta conta dos resultados, consegue conquistar a confiança da população. Para aumentar a eficiência é importante compreender o crime como um fenômeno que produz informações. Esses dados precisam ser organizados e interpretados para direcionar as ações dos policiais de forma focada. A incorporação de novas tecnologias e a reorganização do territórios ajudam na tarefa. De outro lado, a satisfação da população que procura a polícia pode aumentar, caso sejam criados mecanismos que facilitem os registros de ocorrência, como boletins eletrônicos. Ao mesmo tempo, criar call centers para o acompanhamento dessas denúncias permite prestar contas do andamento do caso. Essa última medida ainda não foi adotada no Brasil, mas existem discussões avançadas sobre o tema.

Jésus Trindade Barreto Júnior, O Estado de S.Paulo

16 Dezembro 2010 | 00h00

A confiança da população na polícia está relativamente baixa porque as novas ideias começaram a ganhar corpo somente nesta década. As polícias passaram muito tempo atuando como se fossem corporações cuja tarefa era caçar bandidos e combater o inimigo. Com a redemocratização e a piora da situação da segurança pública, gestão passou a ser palavra-chave para lidar com o problema. A mudança promete trazer avanços.

PRESIDENTE DO FÓRUM NACIONAL DE SEGURANÇA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.