Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Doria lança versão regional do Cidade Linda e concurso 'Bairro Lindo do Mês'

Projeto Faça Seu Bairro Lindo convocará moradores a participar de atividades mensais de zeladoria urbana, que serão avaliadas por uma comissão

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

02 Maio 2017 | 13h26

SÃO PAULO - A gestão João Doria (PSDB) lançou nesta terça-feira, 2, o projeto Faça Seu Bairro Lindo, que deverá funcionar como uma "extensão" do Cidade Linda, que realiza mutirões de zeladoria urbana em São Paulo nos fins de semana. Inicialmente, o programa deve abranger atividades mensais nas 32 prefeituras regionais, com varrição de ruas, pintura de postes e retirada de cartazes e lambe-lambes irregulares. “É um convite para a população cuidar dos seus bairros”, diz Doria.

Após a conclusão da agenda mensal, será escolhido o “Bairro Lindo do Mês” por uma comissão ligada à Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais. As regiões serão avaliadas por efetividade, engajamento (número de participantes) e abrangência das ações (tamanho do local atendido). “Vai ser uma competição saudável para mostrar qual bairro é o mais lindo”, explica Doria.

De acordo com o secretário de Prefeituras Regionais, Bruno Covas, o programa deve atender duas demandas identificadas no Cidade Linda: o interesse de moradores por participar de atividades de melhorias na cidade e a necessidade de descentralizar as atividades, atendendo todos os bairros. Ele salienta, contudo, que o novo programa não deve afetar a agenda do Cidade Linda.

As sete primeiras ações ocorrem neste sábado, 6, em áreas escolhidas pelas Prefeituras Regionais do Butantã, na zona oeste, do Jaçanã, na zona norte, da Vila Mariana, na zona sul, e da Mooca, de São Miguel Paulista, de Itaquera e de Cidade Tiradentes, na zona leste. Das 32 atividades previstas para maio, 14 ocorrerão em praças e parques da cidade. 

Até o fim do ano, o objetivo é ter realizado ao menos uma ação em cada um dos 96 distritos, ampliando para serviços de tapa-buraco e limpeza de boeiros, por exemplo. Para participar, os voluntários precisam entrar em contato com as prefeituras regionais, que cederão os equipamentos necessários nas datas dos mutirões. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.