Gestante sem assistência

SECRETARIA DA SAÚDE DE SÃO PAULO

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2012 | 03h05

Em janeiro, grávida de seis meses de quadrigêmeos, soube da existência da Rede de Proteção à Mãe Paulistana, criada pela Prefeitura, e procurei uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para me cadastrar, conforme orientação da Ouvidoria da Secretaria Municipal da Saúde. Na UBS, porém, disseram que não há assistência da Prefeitura para o fornecimento de leite em pó especial para prematuros para mães nesta situação - um dos bebês nasceu com 24 semanas -, o que me deixou muito frustrada. O valor do leite é altíssimo: cada lata custa R$ 83 e dura 1 dia e meio.

ALINE GUIMARÃES ROBERTO ROCHA / SÃO PAULO

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo esclarece que o suplemento Enfamil Prêmio Pré não faz parte da lista definida pelo Ministério da Saúde para distribuição pelo SUS. Porém, a pasta oferece esse suplemento por meio de um canal de solicitações administrativas de medicamentos e insumos não padronizados pelo ministério. Estas solicitações são avaliadas individualmente, com base em evidências científicas sobre a eficácia terapêutica dos produtos prescritos. É preciso que os pais ou responsáveis compareçam à Farmácia Maria Zélia para receber todas as instruções para serem atendidos neste programa. A farmácia fica na Rua Jequitinhonha, 360, no Belenzinho, zona leste, e não realiza esse atendimento por telefone.

A leitora reclama: Há mais de quatro meses luto pelo benefício e, até agora, não consegui nada. Meu marido já foi seis vezes à unidade Maria Zélia, sem sucesso. As informações são desencontradas, o atendimento é deficiente e os atendentes não possuem nenhuma instrução para o meu caso.

LAPA - PODA DE ÁRVORE

Perigo de queda

Plantada na rua onde moro, um fícus doente está com queda de galhos e folhas. Já fiz três solicitações na Subprefeitura Lapa e não obtive retorno. Enquanto isso, tive a telha e a cerca elétrica quebradas por galhos que caíram. Outros dois galhos grandes e de grosso calibre também caíram na minha garagem, pondo em risco a mim e a minha família. Não quero remover o fícus, apenas podá-lo.

MARCELO AZEVEDO / SÃO PAULO

A AES Eletropaulo informa que o serviço de poda na Rua Tomé de Souza estava programado para o dia 15 de julho.

O leitor contesta: O serviço não foi feito. A AES Eletropaulo foi ao local para avaliar a situação e o técnico disse que não entendeu por que foi acionado pela Prefeitura, se a poda solicitada é dos galhos localizados na parte de dentro da casa. Afirmou que não poderia fazer a poda e devolveria o caso à Prefeitura. O problema continua!

TELEFÔNICA/VIVO

Instalação de serviço errado

Em abril adquiri da Telefônica/Vivo um combo de plano de minutos com banda larga. Em 13/6, porém, recebi fatura cobrando R$ 153,70 indevidos referentes a Speedy e aluguel de modem. Liguei e a atendente disse que haviam instalado o serviço errado. Após uma hora de espera na linha, disseram que o plano de minutos não tinha sido instalado e que, em relação à internet, eu deveria ligar na Ajato, pois a Telefônica/Vivo nada sabia do assunto. Enfim, não consigo cancelar algo que não pedi.

ANGELO LUIZ M. NETO

/ SÃO PAULO

A Telefônica/Vivo diz que a situação foi regularizada. O serviço funciona no plano correto e o cliente terá crédito do valor cobrado.

O leitor diz: Acabo de receber fatura da Ajato cobrando, de novo, os R$ 153,70, além de R$ 4,62 de encargos! É desorganização ou cara de pau?

NET

Cobranças indevidas

Desde janeiro, após pedir o cancelamento do NET Vírtua, não tive mais sossego. Foram nove protocolos, boletos com valores errados, agendamentos de visitas não respeitados. Escrevi para a Coluna e a NET se dispôs a solucionar o problema. No entanto, o boleto com vencimento em 10/6 veio com valor muito acima do que me fora oferecido, acrescido de multas por atraso nos pagamentos dos boletos anteriores que tinham sido cancelados!

NÊDA CASADEI IORIO / SÃO PAULO

A NET informa que regularizou a situação da leitora.

A leitora desmente: Após várias promessas de estorno dos valores indevidos, recebo o novo boleto: três mensalidades referentes a maio, duas referentes a junho e, de novo, mensalidade do NET Vírtua. É para testar a paciência de qualquer um!

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.