Gestante é presa com 1 kg de oxi na Rodoviária do Tietê

Um sargento da Polícia Militar desconfiou da mulher, que segundo ele agia de forma suspeita

Marcela Gonsalves, Estadão.com.br

20 de maio de 2011 | 20h03

SÃO PAULO - Uma gestante foi presa na tarde desta sexta-feira, 20, com aproximadamente um quilo de oxi no interior do Terminal Rodoviário do Tietê. Um sargento da Polícia Militar desconfiou da mulher, que segundo ele agia de forma suspeita. Ela foi conduzida para o 9º DP.

 

O oxi é uma droga mais barata e agressiva do que o crack, composta por pasta-base de coca ou cocaína refinada, gasolina ou querosene e cal virgem.

Mais conteúdo sobre:
TietêoxiSPdrogasapreensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.