Gestante de 15 anos é assassinada e tem o feto retirado

Mulher suspeita de cometer o crime, em Pitangueiras (SP),também estaria grávida e fugiu após o ocorrido

Rene Moreira, especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2016 | 15h24

FRANCA - Uma adolescente de 15 anos e que estava grávida de oito meses foi encontrada morta no final da tarde desta quarta-feira, 12, em Pitangueiras, no interior de São Paulo. O corpo de Valissia Fernandes estava dentro de um tambor nos fundos de uma casa e o feto no interior do banheiro, ao lado de parte do útero.

Quem achou o corpo foi o dono da residência, que é marido da mulher suspeita de ter cometido o crime. Ela está desaparecida e, segundo o marido, vinha alegando também estar grávida, tendo sido flagrada lavando o quintal horas após entrar com a vítima no imóvel.

A Polícia Civil ouviu nesta quinta-feira, 13, parentes da vítima e da acusada, que tem 25 anos e está sendo procurada. O crime aconteceu no Jardim Bela Vista e foi registrado como homicídio e aborto provocado por terceiro. Antes de fugir, a suspeita teria dito ao marido que matou a adolescente com uma facada durante uma briga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.