Reprodução
Reprodução

Gentili faz piada sobre judeus, causa reação no Twitter e pede desculpas

'Última vez que eles chegaram perto de um vagão foram parar em Auschwitz', escreveu humorista

Estadão.com.br

12 de maio de 2011 | 20h19

SÃO PAULO - O humorista Danilo Gentili, integrante do programa CQC, da Band, envolveu-se em uma polêmica nesta quinta-feira no Twitter após comentar o cancelamento da Estação Angélica do Metrô em Higienópolis, bairro da região central da capital que possui alta concetração de judeus de várias nacionalidades. "Entendo os velhos de Higienópolis temerem o metrô. A última vez que eles chegaram perto de um vagão foram parar em Auschwitz", escreveu Gentili em seu perfil na rede social. Rapidamente, a frase foi "retuitada" por centenas de internautas - e desencadeou críticas com a mesma velocidade.

 

Veja também:

linkChurrasco em Higienópolis é cancelado após atrair 49 mil pessoas

linkMinistério Público pede explicações sobre estação

video TV Estadão: Moradores opinam sobre estação no local

 

"Vergonhoso uma figura de conhecimento nacional se expor de tal fato!", postou Alberto Faria (@alberto_faria). "Proteste contra a piada sem graça do @danilogentili usando #calabocadanilo", publicou Daniel Landi (@danilandi).

 

O humorista chegou a apagar a mensagem, mas o recuo gerou ainda mais repercussão na internet. "Faltou coragem de assumir a idiotice que postou? Não era melhor pedir desculpas?", indagou Léo Veimrober (@leoveimrober).

 

Gentili não retornou o contato da reportagem para comentar o assunto.

 

 

Pedido de desculpas

Após polêmico comentário envolvendo judeus feito ao comentar o cancelamento da Estação Angélica do Metrô em Higienópolis, o humorista publicou em seu twitter um pedido de desculpas, no qual diz: 'Minha intenção como comediante nunca foi trazer nenhum outro sentimento ao público q não fosse alegria.' e completa 'Peço perdão se falhei nesse meu objetivo com a piada q fiz essa tarde. Me coloco a disposição da comunidade Judaica para me redimir' (sic)

 

A rede Bandeirantes, na qual Gentili participa de um programa às segundas-feiras, o CQC, se manifestou em comunicado: 'Apesar de a manifestação ter ocorrido no twitter, fora do programa da Band, a emissora repudia com veemência esse tipo de brincadeira de mau gosto, e se solidariza com os protestos e com a comunidade judaica.'

 

Tudo o que sabemos sobre:
MetrôHigienópolisDanilo Gentili

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.