General chora ao ganhar bolo de aniversário de PMs

No dia em que fez 62 anos, o general Gonçalves Dias, comandante da 6ª região do Exército Brasileiro e responsável pela operação militar na Bahia, ganhou bolo de aniversário. Não de militares, mas dos próprios grevistas, que cantaram Parabéns a você e levaram o militar às lágrimas.

O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2012 | 03h04

A surpresa feita ao general, que ficou conhecido após 8 anos à frente da segurança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reflete sua atuação na crise. "A situação só está tranquila por causa dele", diz o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB). "É um gentleman."

Após a tensão inicial, que resultou em quatro confrontos anteontem entre grevistas e Exército, o general passou a dialogar com PMs. E a circular, quase sem proteção. Logo, contava histórias e piadas. "Ficamos mais tranquilos após conhecê-lo. Nele podemos confiar", diz Leila Pontes, mulher de um dos grevistas. / T.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.