GCM apreende mais de 30 mil CDs e DVDs piratas na zona sul de São Paulo

Três vendedores ambulantes foram indiciados por violação de direito autoral

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

27 de junho de 2010 | 18h41

SÃO PAULO - Guardas civis metropolitanos apreenderam na manhã deste domingo, 27, mais de 30 mil unidades de CDs e DVDs piratas na região do Largo Treze de Maio, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Três vendedores ambulantes foram indiciados por violação de direito autoral.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os três detidos foram abordados pelos GCMs com as bancas montadas e os produtos em exposição, por volta das 9h30, e confessaram a comercialização dos 30.162 CDs e DVDs.

 

Também foram apreendidos dois amplificadores, dois aparelhos de DVD e uma TV. Todo o material apreendido passará por perícia no Instituto de Criminalística (IC). A Polícia Civil instaurou inquérito policial para investigar o caso.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.