Gaviões da Fiel promete desfile radical

Com enredo sobre a roda, escola vai mostrar esportes de aventura e até um globo da morte

Marcela Spinosa, Jornal da Tarde

18 Fevereiro 2009 | 02h53

O Anhembi vai se transformar numa arena de esportes radicais no desfile da escola de samba Gaviões da Fiel, quinta a se apresentar na segunda noite de carnaval no Sambódromo do Anhembi. No quarto carro, haverá um globo da morte onde 60 ciclistas farão manobras na alegoria, além de palhaços de circo que irão se equilibrar em monociclos. Tudo para a escola contar o que a invenção da roda significou para a humanidade, com o enredo Do limite de velocidade do homem sobre rodas ao fantástico mundo da Fórmula 1.     Veja também:  Cobertura completa do carnaval 2009     Blog: dicas para quem quer curtir e para quem quer fugir da folia Especial: mapa das escolas e os sambas do Rio e de SP      "A invenção da roda trouxe muitos benefícios, não só para o transporte. Ela influenciou o sistema rotativo, como a criação dos cataventos e bobinas dos relógios", diz o carnavalesco Zilkson Reis.   O desfile começará na era primitiva. O abre-alas representará a evolução da roda. O carro será puxado por 36 homens para ilustrar a maneira como o transporte era feito antigamente, com uma chapa sobre toras de madeira. Na lateral será mostrada a evolução da invenção, com rodas de pedra, madeira e borracha. Ainda nessa alegoria, dois guardiães farão o movimento de se levantar e abrir passagem para libertar um dragão.   Em frente ao terceiro carro haverá uma peça acoplada na alegoria que, deitada, terá o formato da cabeça de um gavião e, em pé, se transformará em um robô. A metamorfose será acionada por um sistema hidráulico. "É o primeiro carro do carnaval que não será manual", afirma o carnavalesco, sem dar mais detalhes da alegoria.   Em seguida, a escola vai homenagear o transporte sobre rodas. Uma alegoria será a carcaça de um Ford antigo que se misturará ao corpo de uma maria-fumaça. Após a passagem do quarto carro, a escola vai mostrar a liberdade que a roda trouxe à humanidade. Uma das 24 alas da escola será representada por 20 cadeirantes.   O desfile terminará com uma homenagem ao corintiano Ayrton Senna e ao mundo da velocidade. O piloto virá na forma de um gavião, que estará protegido por uma escultura de São Jorge de 8 metros de altura. Os ritmistas da bateria virão vestidos de gaviões turbinados. A madrinha é a modelo Lívia Andrade. O time de beldades conta ainda com a apresentadora Sabrina Sato e a ex-Big Brother Jaqueline Khury.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2009Gaviões da Fiel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.