Gato tenta entrar em presídio de Alagoas com brocas e serras presas ao corpo

Agentes penitenciários do Presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, em Arapiraca, a 127 km de Maceió, apreenderam um gato que tentava passar pelo portão da prisão levando presos ao corpo serras, brocas, fone de ouvido, cartão de memória, celular, baterias e carregador. O fato inusitado ocorreu na madrugada de terça-feira, momentos depois da virada do ano. O flagrante aconteceu na entrada principal do presídio.

O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2013 | 02h02

A quantidade de material surpreendeu o superintendente da prisão, tenente-coronel Carlos Luna, que abriu procedimento para investigar a origem do animal e dos objetos. O presídio tem 263 detentos. O gato foi encaminhado ao Centro de Zoonoses de Arapiraca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.