Gastos passam por fiscalização, garante gestão Kassab

A Prefeitura afirma que todas entidades são checadas antes de receber qualquer valor. Caso alguma irregularidade seja constatada, a emenda não é executada. "Além disso, a verba só sai se também for objetivo da Prefeitura. Só liberamos, por exemplo, quando existe a intenção da Secretaria de Esportes em fazer um evento ou em reformar um campo. Se o governo entender que sua obra não será útil ou bem aproveitada pela comunidade, não há execução", argumenta Antonio Rizeque Malufe, secretário de Relações Governamentais. "Não é certeza que vamos patrocinar todos esses eventos esportivos indicados pelos vereadores." / D.Z. e R.B.

O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.