Garoto de 4 anos cai em buraco de 6 metros no interior de SP

Menino foi resgatado após uma hora da queda; buraco foi aberto para a construção de um salão de beleza

01 de novembro de 2007 | 09h01

Após uma hora de trabalho, os bombeiros conseguiram resgatar, na tarde de quarta-feira, 31, o menino Leonardo Mangino Jardim de Oliveira, de 4 anos, que caiu em um buraco de construção, com 6 metros de profundidade e 30 cm de diâmetro no bairro Quintino Facci I, em Ribeirão Preto, no interior paulista. De acordo com a EPTV, o garoto pedalava sua bicicleta ao lado da mãe na Rua Aristides Gonçalves, quase esquina com a avenida Antônio Costa Lima, quando desapareceu. A mãe, Paula Roberta Mangino, contou que não percebeu nada diferente. "Quando vi ele não estava mais ao meu lado e entrei em desespero", disse. Ela lembrou que chamava pelo garoto e nada de resposta. "De repente ouvi um choro muito longe e agachei. Foi aí que percebi que ele tinha caído no buraco", contou Paula.  Após a chegada de sete guarnições com 17 bombeiros, uma corda foi lançada para dentro do buraco na tentativa de içar o garoto. Apenas uma hora depois é que ele conseguiu entender que deveria prender a corda nas mãozinhas e levantar os braços. Desta forma foi retirado e levado à UBDS do Quintino II, sem sofrer qualquer arranhão. À noite, já em casa e de banho tomado, Leo disse que "lá é muito escuro". Ainda um pouco assustado, ele contou que ficou com medo "do escuro". Para a mãe, restou a lembrança do susto. "Nossa. É terrível. Não dá nem para explicar a aflição que é nesse momento" disse aliviada. O buraco que o menino caiu foi aberto por pedreiros que estão construindo um salão de beleza. A proprietária do imóvel, que não quis se identificar, disse apenas que vai "fechar o local".

Tudo o que sabemos sobre:
CriançaBuraco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.