Ganhadores ainda brigam no STJ por prêmio de 2007

Os ganhadores do concurso 898 da Mega-Sena, sorteado em 2007, ainda brigam na Justiça pelo prêmio. Eles ficaram inconformados com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que determinou a divisão do prêmio de quase R$ 28 milhões entre dois ganhadores - patrão e empregado. O caso ocorreu em Joaçaba, Santa Catarina.

O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2012 | 03h05

Ambos voltaram a recorrer: o patrão, ao lado de parentes, alegou ser o único portador do bilhete. Já o empregado queria a execução imediata da sentença.

O STJ informou ontem que manteve a decisão anterior e o dinheiro só será liberado, para ambos, após trânsito em julgado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.