Ganhador da Mega-Sena põe os R$ 119 milhões na poupança

O apostador que ganhou sozinho os R$ 119 milhões do concurso 1.220 da Mega-Sena - o maior prêmio individual da história das loterias no País - já retirou o dinheiro em uma agência da Caixa Econômica Federal da região metropolitana de Porto Alegre.

Elder Ogliari / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2010 | 00h00

Segundo a Caixa, já na quinta-feira ele depositou o valor na poupança. Ganhará, só com rendimentos, cerca de R$ 800 mil por mês - ou R$ 26 mil por dia.

O saque do prêmio não desfez o mistério em torno da identidade do sortudo. O bilhete milionário foi vendido pela Boa Sorte Loterias, a única casa lotérica de Fontoura Xavier, município gaúcho de 11,1 mil habitantes, localizado a 180 quilômetros de Porto Alegre. Após a notícia se espalhar, a cidade ficou em polvorosa, com todos os moradores se perguntando quem seria o vizinho milionário.

Mas na Caixa o sortudo contou que não vive lá. De acordo com o banco, o ganhador do prêmio pediu para não ser identificado, mas autorizou a instituição a informar que ele não tem residência em Fontoura Xavier. A hipótese de que o novo milionário fosse de fora era cogitada pelos moradores da cidade. Eles estão habituados a receber viajantes que passam pela BR-386, uma das mais movimentadas do Rio Grande do Sul, que param para reabastecer seus veículos, comer ou descansar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.