Gangue de bike mobiliza polícia

As gangues da bicicleta, compostas por adolescentes que furtam vítimas e fogem pedalando, são o principal perigo para os turistas no Guarujá e em outras cidades da Baixada Santista.

O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2012 | 02h04

Como o Estado mostrou no domingo, bandidos agem com mais intensidade na orla do Guarujá, na altura do shopping e na Avenida Puglisi. Ali, os principais alvo de ladrões sobre duas rodas são celulares e joias.

Policiais afirmam que a bicicleta foi o meio encontrado pelos criminosos para furtar, após as motos terem ficado muito visadas pela polícia. Uma das áreas mais perigosas do Guarujá é o Túnel Juscelino Kubitschek. Em épocas de grandes congestionamentos, arrastões ali são frequentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.