'Gangue da marcha à ré' é presa após invadir loja na zona norte

Jovens realizavam partilha de roupas furtadas no momento da detenção

Ricardo Valota, da Central de Notícias

05 Agosto 2010 | 09h19

SÃO PAULO - Nove criminosos foram presos, às 3h45 desta quinta-feira, 5, em frente à Favela do Pó, na região da Vila Brasilândia, zona norte de São Paulo, quando realizavam a partilha de roupas e outros objetos furtados de uma loja especializada em artigos para Surf localizada na altura do nº 821 da Avenida Deputado Cantídio Sampaio, próximo ao local do crime.

 

Acionados por uma testemunha, policiais da 1ª Companhia do 47º Batalhão realizaram buscas na região e localizaram o grupo. Dois dos bandidos ainda estavam dentro de um Chevette branco, obtido em leilão e sem autorização para circular. A traseira do veículo, segundo os policiais, foi utilizada pela quadrilha para arrombar a porta da loja, no mesmo estilo das já conhecidas "gangues da marcha à ré".

 

Os outros sete ladrões, entre eles um adolescente de 17 anos, estavam ao redor do carro, não tiveram tempo de correr e foram detidos também. Nenhuma arma foi localizada com a quadrilha, encaminhada ao 72º Distrito Policial, de Vila Penteado.

Mais conteúdo sobre:
crime zona norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.