Furto de meia e cueca no varal pode ir ao STF

A 6.ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus em favor de um réu que havia sido condenado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) a 7 anos de prisão em regime fechado por furtar três cuecas e um par de meias usadas. O réu foi denunciado por furto qualificado após ter escalado o muro de uma casa para pegar as roupas no varal. O caso pode chegar no STF, pois a Promotoria interpôs recurso contra a decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.