Divulgação
Divulgação

Furto de cabos atrapalhou circulação de trens, diz CPTM

Empresa afirma que roubo aconteceu de madrugada; circulação voltou ao normal às 5h20

estadão.com.br,

20 Abril 2012 | 08h53

São Paulo, 20 - O furto de cabos de energia e de sinalização, entre as estações Engenheiro Manoel Feio e Itaquaquecetuba, na zona leste de São Paulo, prejudicou a circulação dos trens da Linha 12 - Safira (Brás-Calmon Viana), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na manhã desta sexta-feira, 20, de acordo com a empresa.

O ato de vandalismo aconteceu durante a madrugada e desde o início das operações, às 4h, as composições circularam alternadamente apenas por uma via. Às 5h20, a circulação voltou ao normal, de acordo com a CPTM. A companhia ainda não tem informações sobre a quantidade de cabos roubados nem sequer a identidade de suspeitos.

Linha 11. Uma falha em um trem voltou a prejudicar os usuários da Linha 11-coral (Brás-Guaianazes) nesta manhã. Uma composição apresentou problemas quando estava perto da estação Guaianazes, zona leste, por volta das 5h40. O trem foi recolhido e a circulação voltou ao normal às 6h10, de acordo com informações da CPTM.

Mais conteúdo sobre:
CPTM

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.